facebook
tweeter
login adm
26/05/2016 - 22:20 H
 

Análise: Palmeiras mostra variação e faz lição de casa ...

Análise: Palmeiras mostra variação e faz lição de casa contra rival direto

Na estreia do novo ataque do Verdão, Cuca, suspenso, resolve mexer radicalmente no intervalo. Dá certo: time bate o Fluminense e fica no G-4 do Brasileirão

O Palmeiras começou o jogo contra o Fluminense com um camisa 10 à moda antiga e três atacantes de velocidade. Terminou com três volantes, um "falso 10", um ponta e um pivô. Para uma torcida que andou perdendo a paciência com a falta de criatividade do Verdão no ano passado, primeiro sob o comando de Oswaldo de Oliveira e depois com Marcelo Oliveira, ambos sempre com um 4-2-3-1 estático, Cuca já é ídolo.

Foi com variação tática e sem vergonha nenhuma de fazer duas alterações no intervalo que o Palmeiras superou a defesa do Fluminense, um rival direto na parte de cima da tabela do Brasileirão. A vitória por 2 a 0, construída na etapa final, foi a segunda do Verdão no torneio – a segunda em casa, frente a 28.534 torcedores. Independentemente dos resultados desta quinta-feira, o Palmeiras terminará a terceira rodada dentro do G-4. Domingo tem clássico contra o São Paulo, no Morumbi.

O único e enorme "porém" na atuação de Cuca foi o fato de que ele... não poderia ter participado da partida. Suspenso por ter sido expulso contra a Ponte Preta, o técnico assistiu ao jogo num camarote e, durante o primeiro tempo, comunicou-se através de um rádio com seus auxiliares, Cuquinha e Alberto Valentim, no banco de reservas – o que é proibido.

Globo Esporte