facebook
tweeter
login adm
22/10/2017 - 22:31 H
 

Entenda como o Palmeiras venceu o Grêmio no Sul

Verdão tem início arrasador no segundo tempo e faz 3 a 1

Depois de um primeiro tempo em ritmo lento, o Palmeiras precisou de nove minutos para chegar à terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro. E o Verdão nem fez uma grande exibição para construir o placar por 3 a 1 diante dos reservas do Grêmio.

Os gols de Dudu e Moisés, aos três e aos nove minutos do segundo tempo, liquidaram o jogo. Dudu novamente, aos 17, ainda aumentou a vantagem. Os gaúchos só descontaram com Michel, aos 33, mas já era tarde.

O Palmeiras tem agora 53 pontos, seis abaixo do líder Corinthians. A esperança de ser campeão renasce. Agora, o time torce por uma derrota do arquirrival diante do Botafogo, segunda-feira, no Rio de Janeiro, para encostar de vez.

Primeiro tempo ruim

Tudo bem que o jogo foi fora de casa, diante de um adversário gigante do futebol brasileiro, mas o desempenho do Palmeiras no primeiro tempo ficou abaixo do esperado. Esperava-se muito mais de quem começou a embalar no Brasileirão e ainda alimenta alguma esperança (mesmo que mínima) de ser campeão brasileiro.

Os problemas ficaram nítidos: Lentidão na transição da defesa para o ataque Erros de passes no setor ofensivo

Falta de objetividade

Um vacilo da defesa quase custou um gol do Grêmio logo aos sete minutos. Arroyo foi lançado nas costas de Mayke, mas o lateral conseguiu desarmá-lo antes da finalização. Tchê Tchê e Bruno Henrique, desta vez, não funcionaram. Os volantes apareceram pouco no ataque e tiveram dificuldade na marcação.

Com Dudu e Moisés apagados, Keno e Borja foram as melhores opções ofensivas. O atacante teve duas boas chances, aos 15 e aos 45, mas pecou na finalização. Bem marcado, o colombiano assustou no minuto final, em chute colocado que assustou Paulo Victor. Não foi o craque que a torcidava esperava, mas teve boa participação.

Segundo tempo quase perfeito

Alberto Valentim voltou do intervalo querendo o Palmeiras jogando mais tempo no campo do Grêmio. A estratégia, contudo, nem deu tempo de ser aplicada. Aos três minutos, Dudu chutou de longe, a bola desviou em Marcelo Oliveira e entrou no canto direito de Paulo Victor. Foi o quinto gol dele no Brasileirão.

O que era um jogo chato no primeiro tempo se transformou em uma vitória praticamente certa do Palmeiras com menos de dez minutos da etapa final. Aos nove, Moisés pegou rebote do goleiro na área após chute de Borja e aumentou a vantagem alviverde. O Grêmio não esboçou qualquer reação e permitiu que o Palmeiras administrasse o placar com muita tranquilidade. Se forçasse o ritmo, poderia deixar a arena com uma goleada. Dudu ainda fez o terceiro, aos 17. Valentim colocou Deyverson pela primeira vez sob sua gestão. O Grêmio descontou, aos 33, com Michel.

E agora?

O Palmeiras volta a jogar no dia 30 de outubro (segunda-feira), contra o Cruzeiro, às 20h, na arena. Se a vaga na Libertadores está muito próxima, sonhar com o título outra vez não custa nada.

GloboEsporte