facebook
tweeter
login adm
22/10/2017 - 22:51 H
 

Palmeiras de Valentim vence a 3ª seguida e fica a seis ...

Palmeiras de Valentim vence a 3ª seguida e fica a seis pontos do líder

O Palmeiras de Alberto Valentim segue impecável. Em seu terceiro jogo no comando do Verdão, o treinador interino conquistou o terceiro triunfo, venceu o Grêmio por 3 a 1 em Porto Alegre, e chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Agora, o Alviverde está a apenas seis pontos do líder Corinthians, que atua apenas na segunda-feira.

A opção de Renato Portaluppi de escalar Luan como titular para dar ritmo ao jogador pareceu a mais acertada pelos primeiros minutos de jogo na Arena. Antes dos dez, o camisa 7, atuando como meio-campista, deixou Arroyo em condições de finalizar por duas vezes, mas o equatoriano demorou em uma e teve impedimento erroneamente marcado em outra.

Luan conduzia o Grêmio ao ataque, mas o craque claramente caiu de rendimento após a metade do primeiro tempo. Do lado alviverde, o camisa 7 Dudu tinha atuação apagada e coube a Keno chamar a responsabilidade pela criação das jogadas alviverde. Assim como o gremista, o camisa 27 também foi recuado para atuar mais centralizado, às costas dos volantes Kaio e Michel.

Com Keno, o Verdão teve a primeira boa oportunidade de gol, aos 15 minutos, quando Bruno Henrique ajeitou de calcanhar para o atacante, que bateu de canhota, mas a bola foi desviada para escanteio. Nove depois, Borja invadiu a área e, sem ângulo, tocou na saída de Paulo Victor, mas Léo Moura afastou de novo antes de Keno empurrar para o gol.

O Palmeiras passou a dominar completamente a partida, com Keno e Borja sendo os destaques, mas o confronto ainda tinha muita marcação e pouca inspiração das equipes. Assim, as jogadas ofensivas se limitavam aos dribladores dos dois times.

Na volta do intervalo, Renato Portaluppi alterou o Grêmio taticamente com apenas uma substituição. Jailson entrou na vaga de Bruno Rodrigo, deslocando Michel para a lateral-esquerda e Marcelo Oliveira para a zaga. No entanto, não houve tempo para a mudança ser sentida pelos tricolores. Logo aos três minutos, Dudu arriscou de fora da área, a bola desviou em Marcelo Oliveira, mudou sua trajetória e entrou no canto direito de Paulo Victor, que não pôde alcançar.

Usando a marcação por zona, o Alviverde passou a se fechar em seu campo e aguardar pela melhor oportunidade de um contra-ataque, que veio logo aos nove minutos. Dudu roubou a bola ainda no campo de defesa e avançou pela esquerda com Borja. Próximo à área, o camisa 7 rolou para o centroavante, que acertou um chutaço de canhota. Paulo Victor espalmou e Moisés pegou a sobra, acertando o travessão antes de ampliar a vantagem.

A posse de bola alviverde se tornou anda maior com o segundo tento. O Grêmio, que levou azar no primeiro gol e não conseguiu parar o ataque palestrino no segundo, apenas assistia a troca de passes dos visitantes que, na segunda etapa, teve seus quatro homens de frente inspirados.

Com a tranquilidade que tocava no meio-campo, o Palmeiras chegou ao terceiro gol. Em boa triangulação do ataque, Mayke recebeu pela direita, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Dudu, que ampliou sozinho na pequena área.

Já em verdadeiro ritmo de treino, Alberto Valentim fez três alterações no Palmeiras. Bruno Henrique, Moisés e Borja deixaram o campo para as entradas de Thiago Santos, Raphael Veiga e Deyverson.

Por fim, o Tricolor ainda descontou. Com 33 jogados, Luan cobrou falta na área, Raphael Veiga errou no domínio e Michel girou para diminuir a vantagem do Palmeiras.

Com o triunfo, o Palmeiras roubou a vice-liderança dos gaúchos no Campeonato Brasileiro, indo a 53 pontos, seis atrás do líder Corinthians, que visita o Botafogo na noite desta segunda-feira. Na próxima rodada, o Verdão tenta manter o embalo contra o Cruzeiro, no Palestra Itália.

Já o Grêmio caiu para a quarta colocação, com 50 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Tricolor tentará se reencontrar no Brasileirão em duelo contra o Avaí, na Ressacada. Antes disso, no entanto, enfrenta o Barcelona-EQU, quarta-feira, pela ida das semifinais da Copa Libertadores.

Gazeta Esportiva